Outras entidades a quem pode recorrer para informação/apoio:

144 - Emergência Social (24h)

800 202 148 - Serviço de Informação a Vítimas de Violência Doméstica (24h)

808 222 003 - Sexualidade em Linha (dias úteis das 1​0h às 18h​)

808 242 424 - Linha Saúde 24 (24h)

808 252 257 - Linha SOS Imigrante (dias úteis das ​9h às 19h​)

Associação para o Planeamento da Família (2007) Por Nascer Mulher… um outro lado dos Direitos Humanos. Lisboa: APF.

Bagnol, B., Mariano, E. (2012) Gender, Sexuality and Vaginal Practices. DAA, FLCS, UEM.

Bah, D. (2007) A minha infância roubada. Rio de Mouro: Círculo de Leitores.

Branco, S. (2006) Cicatrizes de Mulher. Público.

iii programa

Biblioteca Digital Jurídica. Artigo 144° A – Mutilação Genital Feminina. Disponível em http://bdjur.almedina.net/item.php?field=item_id&value=1998293
(último acesso a 29.09.2015).

pdfDescarregar »»

 

Carta Africana dos Direitos e Bem-Estar da Criança.
Disponível em http://www.achpr.org/pt/instruments/child/
(último acesso a 09.03.2015).

manual cpcj

Castro, J., Teixeira, S. (2014) Manual de Procedimentos Colaborar Ativamente na Prevenção e Eliminação da mutilação genital feminina. Lisboa: CNPCJR - Comissão Nacional de Proteção das Crianças e Jovens em Risco.

pdfDescarregar »»

iii programa

Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (2014) Planos Nacionais 2014-2017. III Programa de Ação para a Prevenção e Eliminação da Mutilação Genital Feminina 2014-2017. Lisboa: CIG.

pdfDescarregar »»

iii programa

Convenção do Conselho da Europa para a Prevenção e o Combate à Violência contra as Mulheres e à Violência Doméstica. Diário da República, nº 14 – I Série. Disponível em http://dre.pt (último acesso a 09.03.2015).

pdfDescarregar »»

Cunha, M. (2013) “Género, cultura e justiça: a propósito dos cortes genitais femininos”, Análise Social, 209 (XLVIII): 834-856, Lisboa: ICS – Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Declaração Universal dos Direitos das Crianças. Disponível em http://www.gddc.pt/direitos-humanos/textos-internacionais-dh/tidhuniversais/dc-declaracao-dc.html (último acesso a 18.03.2015).

Declaração Universal dos Direitos Humanos. Publicada no Diário da República, I Série A, n.º 57/78, de 9 de Março de 1978, mediante aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Disponível em http://www.gddc.pt/direitos-humanos/textos-internacionais-dh/tidhuniversais/cidh-dudh.html (último acesso a 18.03.2015).

Direção - Geral da Saúde (2012) Orientação da Direção-Geral da Saúde nº005/2012 sobre Mutilação Genital Feminina. Lisboa: DGS.
Link directo: http://www.cig.gov.pt/documentacao-de-referencia/doc/

Dirie, W. (2002)Flor do Deserto, Asa.

Good Practices in Combating Female Genital Mutilation. Luxembourg: Publications Office of the European Union.

European Institute for Gender Equality (2013) Female Genital Mutilation in the European Union and Croatia - Report. Germany.

european report European Institute for Gender Equality​ (2015)
Estimation ​of girls at risk of female genital mutilationin the European Union. Report.

pdfDescarregar »»

step by step

European Institute for Gender Equality (2015)
Estimation of girls at risk of female genital mutilation in the European Union. Step by step guide.

pdfDescarregar »»

endfgm

END FGM - Campanha Europeia. Fim à Mutilação Genital Feminina. Uma estratégia para as instituições da União Europeia.

pdfDescarregar »»

guia mgf policia

Escola de Polícia Judiciária (2012) Mutilação Genital Feminina. Guia de Procedimentos para Órgãos de Polícia. Loures: Escola de Polícia Judiciária.

pdfDescarregar »»

Grupo de Trabalho Inter-sectorial sobre a Mutilação Genital Feminina/C (2009) Programa de Acção para a Eliminação da Mutilação Genital Feminina. Lisboa: APF/Daphne – Euronet FGM.

Hemmings, J., Khalifa, S. (2013) “Eu carrego o nome dos meus pais”: Reflexões de jovens acerca da MGF e Casamentos Forçados. Resultados de estudos PEER em Londres, Amesterdão e Lisboa. FORWARD - Fundação para a Investigação e Desenvolvimento da Saúde da Mulher/APF - Associação para o Planeamento da Família/IKWRO - Organização dos Direitos das Mulheres Iranianas e Curdas/FSAN - Federação de Associações Somali nos Países Baixos (FSAN).

capa relatorio mgf pre 1

Lisboa, Manuel [et al.] (2015) Mutilação Genital Feminina: prevalências, dinâmicas socioculturais e recomendações para a sua eliminação - Relatório Final. Lisboa: FCSH/UNL. Disponível em: http://www.cig.gov.pt/wp-content/uploads/2015/07/Relat_Mut_Genital_Feminina_p.pdf (último acesso a 29.09.2015).

pdfDescarregar »»

Killough, J. Teaching and learning about FGM in the classroom. Islington Healthy Schools

corte dos genitais

Martingo, Carla (2009) O Corte dos Genitais Femininos em Portugal: o caso das Guineenses. Um estudo exploratório. Lisboa: ACIDI.

pdfDescarregar »»

maus tratos criancas jovens

Menezes, B., Prazeres, V. (2011) Maus Tratos em Crianças e Jovens - Guia prático de abordagem, diagnóstico e intervenção. Direção – Geral da Saúde/Divisão de Comunicação e Promoção da Saúde no Ciclo de Vida.

pdfDescarregar »»

eliminacao mgf

Organização Mundial da Saúde [et al.] (2009) Eliminação da Mutilação Genital Feminina: Declaração conjunta, Lisboa: APF/OMS.

pdfDescarregar »»

mgf intervencao

Organização Mundial da Saúde (2009) Mutilação Genital Feminina. Integração da Prevenção e do Tratamento nos Curricula de Profissionais de Saúde. Lisboa: APF/OMS.

pdfDescarregar »»

Pereira, F. (2013) Tornar Visível. 5 mulheres contam como mudaram a sua história. Lisboa: Solidariedade Imigrante.

Prazeres, V. [coor.] (2014) Violência Interpessoal - Abordagem, Diagnóstico e Intervenção nos Serviços de Saúde. Lisboa: Direção-Geral de Saúde.

Protocolo à Carta Africana dos Direitos do Homem e dos Povos, relativo aos Direitos da Mulher em África. Disponível em http://www.minfamu.gov.ao/VerLegislacao.aspx?id=342 (último acesso a 17.03.2015).

Proyecto/Project Embera Wera (2011) Una experiencia de cambio cultural para la eliminación de la ablación genital femenina en Colombia – América Latina. An experience of cultural change to eradicate female genital mutilation in Colombia – Latin America. Colombia: UNFPA.